Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Umuarama / PR

Você está aqui: Home / Notícias / Quanto custa instalar padrão bifásico de energia (127 e 220V) em Umuarama?
Atualizado


Quanto custa instalar padrão bifásico de energia (127 e 220V) em Umuarama?

Quem esclarece esta e outras dúvidas sobre o assunto é o Gerente da Hagap materiais elétricos, Orivisson dos Santos Amaral

Hoje se tornou comum e até necessário o uso de vários aparelhos elétricos em casa. Nossa convivência tão próxima com essas máquinas, que outrora já foram artigos de luxo, já não nos deixa mais pensar nos tempos em que se vivia sem ela, a eletricidade. As opções vão dos itens mais necessários como chuveiros, geladeiras e ferros de passar, aos totalmente dispensáveis, mas que nos proporcionam conforto e bem estar, como as máquinas de lavar, ar-condicionados e chapinhas de cabelo.

Com tantas opções de aparelhos, todos destinados a facilitar e melhorar nosso dia-a-dia, é natural querermos tirar o melhor proveito possível dos mesmos gastando o mínimo possível, mas será que sabemos fazer isso? Para esclarecer essa e outras dúvidas, procuramos o Gerente da loja de materiais elétricos Hagap, Orivisson dos Santos Amaral, que forneceu várias informações relevantes para melhorar ainda mais o desempenho de seus aparelhos elétricos.

DESEMPENHO

Um dos pontos mais importantes levantados por Amaral foi sobre o desempenho dos aparelhos. Ele esclarece que todo o aparelho com alto consumo de Watts se usado em 127V sobrecarrega a fase de energia da casa. “É comum a gente ver a intensidade de uma lâmpada diminuir quando ligamos certos aparelhos na tomada. Isso porque ele precisa de muita energia para funcionar e acaba tirando a força de outros. A mesma coisa não acontece quando temos  o padrão bifásico, pois os aparelhos de maior consumo quando ligados no 220, em nada interferem a distribuição de energia para os outros, além de permitirem o melhor desempenho no funcionamento dos aparelhos, como é o caso dos chuveiros. Um chuveiro de 127V consegue trabalhar com 5.500Watts de potência, já um chuveiro 220 chega a 7.700Watts, o resultado dessa diferença aparece na temperatura, pois temos água mais quente, e no consumo, pois gasta-se menos KWH para gerar o aquecimento.

ECONOMIA

Sobre a economia de energia que muitos acreditam ocorrer com o uso do padrão 220V, Amaral comentou que acaba não sendo bem assim. Segundo ele, “todos os eletrodomésticos que necessitam do uso de resistências como geladeira, chuveiro, secador de cabelo, ferros de passar, ar-condicionados e outros, inclusive são conhecidos como ladrões de energia pelo alto consumo, realmente gastam mais Watts quando usados em 127V. Se tratando do ar-condicionado, por exemplo, o percentual de consumo será de 30 à 40% menor se ele funcionar em 220V, mas isso não garante economia, pois o uso do padrão bifásico gera uma taxa maior de consumo e no final a conta acaba empatando. Mesmo assim o uso do 220V compensa, pela melhora no desempenho, e é muito aconselhável”.

CUSTO DE INSTALAÇÃO

O gerente informou também como é a instalação do padrão bifásico e os prováveis custos de produtos e mão de obra. “A instalação de energia 220V começa pela aquisição do kit “padrão Copel”, que custa a partir de R$ 360 reais. Após a compra do material, é necessária a contratação de um eletricista credenciado pela Copel para fixar o poste e montar o padrão, que deve custar R$ 150 em média, e um pedreiro para construir a mureta para fixar o novo padrão, por cerca de R$ 100 a diária, e mais o material de construção. Após a instalação externa, é necessário realizar a instalação interna na residência, então se contrata mais um serviço do eletricista ao custo médio de R$ 80,00 e também é preciso comprar a fiação para a instalação que sai por R$ 14 o metro. Claro que podem existir variações nos custos de mão de obra, e a quantidade de fio e materiais de construção usados, pode alterar muito o valor final da instalação”.

OPÇÃO ECONOMICA

Uma opção mais econômica para a utilização de aparelhos 220V, sem ter que realizar a instalação do padrão bifásico, é o uso de aparelhos transformadores de energia. Segundo Amaral, para cada tipo de aparelho e consumo, há um modelo de transformador ideal.

“Hoje vendemos transformadores principalmente para o uso de aparelhos de ar-condicionado, pois os modelos Split – mais populares e preferidos pelos consumidores – são quase 100% nessa voltagem. Em aparelhos até 9.000 BTU´s pode-se usar um transformador de 2.000 V.A. já os aparelhos maiores como o de 12.000 BTU´s precisam de um transformador de 3.000 V.A. e temos transformadores de até 5.000 V.A. que são indicados para os aparelhos que consumem mais de 3500 Watts.

Cada tipo de aparelho e consumo gerado pede uma capacidade de transformador, e os preços dos aparelhos variam muito de marca para marca, os nossos custam R$ 228,50 o de 2.000 e R$308,10 o de 3.000, que são os modelos mais vendidos.

Amaral explica ainda que o uso do transformador gera um consumo de energia um pouco mais elevado, pois o transformador também consome energia. “Um aparelho que consome 30KWH vai elevar o consumo para 35KWH com o transformador, porque ele usa energia para transformar a voltagem. Os transformadores inclusive consomem energia apenas ficando na tomada, mesmo com os aparelhos desligados, então se recomenda o uso de um disjuntor para desligar a força quando o transformador não estiver em uso”.

Ele lembra que “o uso do transformador, apesar de mais rápido e econômico na hora da compra, é viável para apenas um aparelho, mais do que isso passa a encarecer a conta e prejudicar o funcionamento dos demais aparelhos elétricos da residência”.



Fonte: Redação Portal Umuarama

Deixe seu comentário

Você está em Umuarama / PR
Umuarama
Unidade Umuarama, PR


Portal da Cidade Umuarama LTDA - 23.324.583/0001-01
© 2008-2016 Copyright Franquia Portal da Cidade ®
X